Abre alas

Em 1899, Chiquinha Gonzaga compôs a primeira marchinha de carnaval, que até hoje é cantada em bailes, blocos de rua, festas e micaretas da maior festa do Brasil

O site da Brasileiros entra no ritmo do Carnaval. A partir deste sábado até quarta-feira, vamos falar um pouco de músicas relacionadas à maior festa popular do Brasil. Vamos lembrar a história da canção, a letra, quem compôs, a época da música, enfim, recordar é viver!

Ó Abre Alas,
Que eu quero passar (2x)
Eu sou da Lira,
Não posso negar (2x)
[nggallery id=14421]

Ó Abre Alas,
Que eu quero passar (2x)
Rosa de Ouro é quem vai ganhar (2x)

Francisca Edwiges Neves Gonzaga, ou simplesmente Chiquinha Gonzaga, é a maior personalidade feminina da história da música popular brasileira até hoje. Chiquinha foi pioneira: primeira maestrina, primeira pianista de choro, fundadora da primeira sociedade protetora dos direitos autorais e, também, autora da primeira marchinha de Carnaval, em 1899.

Isso mesmo, Ó Abre Alas, que está no DNA de qualquer brasileiro, tem mais de 100 anos! Até hoje, a marchinha é entoada em bailes, blocos de rua, festas e micaretas de carnaval país afora como se fosse o hit do momento.

Chiquinha tinha 52 anos e já era compositora consagrada quando escreveu a marchinha. A música foi uma “encomenda” para o bloco carnavalesco Rosa de Ouro, do bairro do Andaraí, no Rio de Janeiro. Os integrantes do Rosa procuraram Chiquinha pedindo uma canção para a disputa entre os blocos daquele ano. Ó Abre Alas venceu o concurso de 1899 e tornou-se uma das músicas mais conhecidas da história.

Chiquinha Gonzaga faleceu no dia 28 de fevereiro de 1935. Dois dias depois, foi realizado o primeiro concurso oficial das escolas de samba no Rio de Janeiro. Certamente, Chiquinha sambou no céu!

Gostei(0)Não Gostei(0)
No tags for this post.

Deixe um comentário

  • (will not be published)

XHTML: Você pode usar as tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>