Com 43 medalhas, Brasil encerra Paraolimpíada na sétima colocação

País consegue melhor colocação de sua história nos Jogos

Foto Reprodução

Tito Sena comemora sua vitória na maratona

Superação. Esta foi a palavra chave para os atletas paraolímpicos que representaram o Brasil em Londres. Neste domingo, dia 9, foi a vez do maratonista Tito Sena vencer a disputa da classe T46.  Com o ouro, o Brasil encerrou sua participação nos jogos com 43 medalhas e na sétima colocação geral.

Esta é a melhor colocação do Brasil na história dos jogos paraolímpicos. Em comparação com a última edição da Paraolimpíada, realizada em 2008, em Pequim, o Brasil conquistou mais medalhas de ouro. Em Londres foram 21, e na Ásia 14. Em 2012 o País também conquistou 14 medalhas de prata e oito de bronze. Contudo, em Pequim a delegação brasileira conquistou 47 medalhas.

Entre os esportes em que o Brasil conseguiu maior destaque estão a natação, onde o País conquistou nove medalhas de ouro (seis com Daniel Dias e três com André Brasil) e o atletismo, que rendeu sete ouros. Uma das vitórias mais importantes do Brasil veio pelo corredor Alan Fonteles, que conseguiu vencer o favorito Oscar Pistorius, da África do Sul, e chegar ao lugar mais alto do pódio nos 200 m rasos.


Tags: , , , ,

Deixe um comentário

  • (will not be published)

XHTML: Você pode usar as tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>